Com o encerramento do sinal analógico, as TVs tiveram que se adequar a algumas exigências para receberem o sinal digital, que tem uma qualidade muito superior. Mas e você, será que sabe como instalar TV digital? Muitos consumidores ainda têm dúvidas sobre o assunto — tanto sobre o conversor quanto sobre a instalação.

Para começar, deve ficar bem claro que a mudança foi para melhor, mas, como qualquer alteração, ela também exige algumas adequações para funcionar corretamente. Quem fez a mudança está muito satisfeito e, hoje, usufrui de imagens sem aqueles chuviscos e distorções, comuns nas TVs analógicas, e o melhor — sem pagar nada a mais por isso.

Neste artigo, vamos tentar elucidar algumas questões sobre o assunto, como as diferenças entre os dois tipos de sinais, por que houve essa migração, quais os materiais necessários para a mudança, se todos precisam comprar o conversor e, por fim, como instalar. Continue a leitura e confira!

Quais as diferenças entre os sinais digital e analógico?

A maior diferença é a qualidade da imagem que é facilmente percebida pelo usuário. No entanto, essa mudança tornou-se possível devido à frequência em que ambos os sinais trafegam — que é o que faz a diferença.

O sinal analógico trafega por uma faixa de frequência extensa, responsável por oscilações constantes e, consequentemente, pela queda na qualidade das transmissões. Já o sinal digital é menos complexo com faixas de frequência mais curtas, garantindo resultados mais estáveis, menores custos para armazenamento e excelentes resultados nas transmissões.

Por que o sinal analógico precisou ser desligado?

O motivo do encerramento do sinal analógico tem duas razões principais. A primeira delas é melhorar a qualidade de transmissão dos canais abertos, permitindo, dessa forma, que sejam mais interativos. A segunda razão é possibilitar que essa faixa de frequência, utilizada pela analógica, seja liberada para a rede 4G, que precisa se expandir para garantir uma conexão à Internet móvel bem mais veloz.

Qual o tipo de TV que o usuário deve ter para utilizar o sinal digital?

A primeira coisa a fazer é verificar se sua TV conta com um conversor interno ou integrado (como também é chamado). As TVs mais modernas já são vendidas com ele. Se você não souber, verifique no manual de sua TV, pois, certamente, essa informação estará lá.

No entanto, se você tiver certeza de que seu televisor não tem o conversor interno, terá que adquirir um, que pode ser encontrado facilmente no comércio físico e em sites on-line. Se sua TV for de tubo, certamente, você terá que comprar o conversor.

Conversor digital e receptor digital são a mesma coisa?

Existe uma grande confusão sobre esses dois aparelhos. Eles não são a mesma coisa. O conversor digital deve ser utilizado por usuários que têm TVs com canais analógicos e querem acessar os canais digitais, por meio de uma antena UHF. É por meio dos conversores que é possível se ter acesso aos canais abertos com boas imagens.

Já o receptor digital tem outra finalidade. É utilizado por consumidores que têm antenas parabólicas ou canais por assinatura e desejam melhorar a recepção.

Quais os passos para instalar TV digital com antena externa?

Quando o sinal já estiver apto para ser captado, e sua TV já estiver equipada com o conversor interno ou externo (como explicamos acima), o próximo passo será adquirir uma antena UHF, que deverá ser conectada ao seu televisor.

A antena externa é a melhor escolha no que diz respeito aos tipos de antena e deve estar com sua ponta direcionada para a rede de transmissão. Com a instalação da antena externa, a captação e a recepção do sinal não sofrem tantas interferências, responsáveis pelos chuviscos e falhas que podem aparecer na sua TV — que ocorreriam se, no caso, você optasse pela antena interna.

Para conectar sua TV ao sinal digital com antena externa, basta ligar seu televisor em uma antena, que pode ser coletiva (no caso de prédios), ou externa.

Confira agora como instalar TV digital com antena externa, de um modo simples e que você mesmo poderá fazer sem problemas. Confira!

Materiais necessários:

  • antena de instalação UHF;
  • cabo coaxial: deverá ter a medida que sai do seu conversor ou de sua TV (no caso de ela ter conversor interno) e vai até a antena externa, conectando-se a ela;
  • conector F macho: para conectar uma ponta do cabo coaxial à antena e a outra ponta à televisão ou ao conversor;
  • fita isolante, para tornar as conexões mais seguras;
  • braçadeiras e grampos;
  • furadeira;
  • cabo HDMI ou os cabos de áudio e vídeo.

Escolha um local para a antena

O primeiro passo para a instalação é escolher a localização da antena externa. Ela deve estar, de preferência, no telhado, apontada para a rede de transmissão. O local no qual ela ficará fixada deve estar livre de obstáculos, para que nada prejudique o sinal. Fique atento para que a base seja instalada de forma que ela fique bem firme.

Instale o cabo coaxial, fixe em cada uma de suas extremidades o conector F macho e conecte-a à antena, finalizando com a fita isolante em volta da junção para que fique bem firme.

Após isso, conduza o cabo para dentro de sua casa e use, para isso, a furadeira. Evite deixá-lo próximo à fiação elétrica, visto que isso pode gerar interferências. Conecte a outra ponta do cabo à televisão (no caso de ela dispor de um conversor interno) ou ao conversor.

Por fim, fixe as braçadeiras para firmar o fio, já que, se ficarem soltos, podem gerar desgaste e comprometer o sinal.

Instale os cabos de áudio e vídeo ou HDMI

Se seu televisor for de tubo, você deverá utilizar os cabos de áudio e vídeo (que são aqueles que têm as cores vermelha, amarela e branca). Já os televisores de plasma, LCD e LED já vêm com a entrada HDMI, bastando conectar o cabo apropriado, para ter a recepção de áudio e vídeo.

Mesmo que sua TV tenha todas as entradas (HDMI e de áudio e vídeo), opte sempre pelo cabo HDMI, já que ele garante uma imagem superior.

Você, que não sabia como instalar TV digital, viu como é fácil? Para isso, basta seguir nossas dicas e garantir, sem custo algum, a transmissão de canais da TV aberta com excelente imagem, sem aqueles inconvenientes chuviscos e distorções.

Gostou deste post sobre instalação de TV digital? Quer acompanhar outras publicações como esta? Então curta a nossa página no Facebook e fique por dentro de todas as atualizações!