Para você que é um amante dos filmes e séries, e gosta de reunir os amigos para uma sessão, nada melhor do que ter um ambiente propício para isso.

Se há algumas décadas era difícil imaginarmos ter uma sala de cinema em casa, pois os equipamentos eram inacessíveis e não havia tantas opções de entretenimento, atualmente, com as TVs de tela grande e alta resolução, aparelhos de home theater e os serviços de vídeo on demand, esse sonho está cada vez mais acessível!

Para criar um ambiente agradável e que deixe uma experiência próxima a uma sala de cinema, é necessário dar atenção a alguns detalhes importantes, como tamanho da tela, em relação à distância dos assentos, iluminação, acústica e decoração.

Quer saber como montar uma sala de cinema em casa? Confira a nossa lista de equipamentos essenciais. Boa leitura!

Capriche na escolha da TV

A TV é o centro das atenções em uma sala de cinema caseira, todo o ambiente é projetado em torno dela. Geralmente, temos a concepção de que, quanto maior a tela, melhor, mas isso é relativo, pois, para que você aproveite o melhor de uma TV, ela terá que ser proporcional ao tamanho da sala e à distância média entre o aparelho e as poltronas.

Uma TV muito grande um uma sala pequena, limita a visão ampla do filme, além de poder causar um mal estar em quem assiste. Já uma TV muito pequena, limita visão panorâmica, ou seja, prejudica a experiência e ainda obriga as pessoas a forçarem a visão para enxergar os detalhes.

Além de ficar atento às distâncias entre a TV e a poltrona e o tamanho do ambiente, é importante escolher TVs que ofereçam uma boa qualidade de imagem e cores. Já é possível encontrar TVs com resolução 4K com preços acessíveis. Outro fator importante, para quem vai comprar uma TV nova, é que ela seja Smart TV, com conexão à internet e que traga os aplicativos mais populares de streaming, dando mais opções de escolha.

Som de qualidade para uma experiência única

A experiência completa de cinema necessita de um áudio de qualidade e por mais que as TVs modernas apresentem alto-falantes potentes, ela só se dá com um aparelho multicanais, como os home theaters 5.1 ou 7.1. Esses aparelhos oferecem o som surround imersivo, que cria um ambiente mais realista, com sensação de tridimensionalidade.

Por exemplo, em uma cena em que um carro vai do lado esquerdo para o lado direito da tela, o som surround propicia essa experiência em áudio, com som migrando de um lado ao outro. Temos também a noção de profundidade, quando há um som ambiente está mais distante em relação à ação principal.

Para conseguir esses efeitos, as caixas deverão ser espalhadas pela sala, fixadas no teto, de preferência, com duas caixas na frente e duas atrás. Além do subwoofer, que entrega o som mais grave, centralizado.

É necessário também levar em conta o tamanho do ambiente, por exemplo, para uma sala pequena, uma caixa acústica, que emule o efeito surround, poderá ser o suficiente para não causar desconforto.

Pense em conforto

Para que as pessoas possam ter uma experiência completa, os assentos deverão ser confortáveis e aconchegantes. A escolha entre poltronas individuais ou coletivas, se dará de acordo com o orçamento, já que as individuais tendem a ser mais caras, e, é claro, com o grau de intimidade dos convidados.

Se for um ambiente familiar ou de amigos mais próximos, você poderá investir em sofás amplos e reclináveis. É muito importante ter apoio para os pés, como puffes ou banquetas.

Uma boa pedida são os sofás retráteis, que permitem que as pessoas escolham entre ficar sentadas ou com as pernas esticados. O material das poltronas também influencia muito, tanto no conforto, como na acústica, pois os tecidos acolchoados ajudam a absorção do som.

Crie uma acústica favorável

Para que você aproveite o máximo de seus equipamentos de som, a acústica do ambiente deverá favorável, tanto para quem está dentro do ambiente, quanto para não incomodar as pessoas que estão do lado de fora. É um trabalho importante, pois queremos ter a melhor experiência sonora, e isso inclui um som com um volume considerável.

O surround, por oferecer esse ambiente imersivo, promove um realismo em relação à potência de cada elemento sonoro da tela, ou seja, mesmo com diálogos em volume médio, poderão ocorrer momentos de impacto no filme que ofereçam um som mais potente, como explosões, barulho de motores de carros, helicópteros etc.

Para quem mora em apartamento, por exemplo, terá duas opções, desligar o home theater e assistir em um sistema de som 2.0, perdendo efeito, ou criar um isolamento acústico, para não ser lembrado nas reuniões de condomínio.

A mobília contribui muito para esse isolamento, estofados de madeira são excelentes isoladores acústicos. O ideal é revestir todo o ambiente com carpetes, por exemplo, pois é um material que absorve o som. É importante evitar salas que sejam revestidas de materiais reflexivos, como piso de mármore, vidros, pintura acrílica etc.

Reduza ao máximo a iluminação

Outra característica de uma experiência de cinema em casa é a iluminação ou a ausência dela. O escurinho do cinema faz parte do imaginário popular e você, para oferecer a melhor experiência, deverá garantir esse isolamento de luz em sua sala.

É claro que você não precisa de uma sala 100% fechada, o ambiente exigirá ventilação, ainda mais com tantos móveis estofados, que necessitam de ar fresco e ventilação, para não proliferar fungos e bactérias.

Hoje em dia existem várias formas de vedar a luz de uma janela, até mesmo durante o dia, sendo a mais barata as cortinas black-out, que ajudam bastante a manter o ambiente escuro.

Pense no conteúdo de cinema em casa

Sim, agora você já tem a TV, o som, a iluminação, a acústica, mas precisa do principal, o conteúdo. Se antigamente a gente precisava ir até uma locadora e escolher alguns filmes em catálogo, muita das vezes limitados, hoje, dentro de casa, temos acesso a milhares de opções de filmes e séries. Se a sua TV for Smart, poderá baixar os aplicativos de streaming como Netflix, Globoplay, Fox Play, HBO Go, entre outros.

Caso sua TV não seja Smart TV, ou não tenha os aplicativos que você queira, você poderá adquirir um Chromecast, aparelho que permite a transmissão de filmes direto do seu smartphone ou de qualquer outro dispositivo móvel para a TV. Há também só aparelhos Android TV box, que levam o sistema operacional Android para a sua TV e permite que você baixe os aplicativos nele.

Para quem quer montar uma sala multimídia, que além de cinema seja um ambiente de jogos, a maioria dos videogames das gerações mais recentes — PS3, PS4, Xbox360, Xbox One, Nintendo Wii — disponibilizam os aplicativos de vídeo, oferecendo uma central multimídia completa para a sua reunião de família.

Neste texto vimos pontos básicos que deverão ser analisados na hora de montar a sua sala de cinema em casa. Lembrando que a escolha dos equipamentos deve levar em conta o tamanho do ambiente, a quantidade de pessoas que frequentará e a personalidade dos indivíduos. Não pense apenas em tamanho e potência, o importante é que seja o suficiente para garantir conforto e qualidade para você e sua família.

Gostou do post? Então, siga a gente nas redes sociais e recebe em primeira mão as nossas novidades. Estamos no FacebookLinkedIn e no Twitter.